Clichês que odeio em livros

Hora da Leitura 2 Comments


Vamos nessa. Acho que o titulo está bem claro, mas deveria explicar um pouco: Sabem aquelas coisas que você ao abrir um livro espera muito que não aconteça? Exato. Vou deixar bem claro aqui que são coisas que eu odeio, ou não gosto muito, que aconteça em livros, mas tudo bem se vocês gostarem, não estou aqui para julgar ninguém certo?


Let’s go

1. Amor à primeira vista.

Nossa senhora. Você precisa? Mesmo? Gente. Nada contra. Às vezes funciona. Em livros como Black Dagger Brotherhood onde é explicado o porquê ou algum outro livro que não me lembro agora, mas a maioria das vezes... Só não. Não tem como, você ver alguém na rua e falar: “nossa, eu amo essa pessoa e fomos feitas para ficar juntos”, falar: “caramba, que gato”. Super ok. Falar que ama ele? Ama mesmo? Qual o sobrenome? Nome dos pais? Cor favorita? Me dê ao menos uma cena que mostre eles como amigos antes de falar que se amam. Agradeço.


                           


2. Triangulo amoroso.

Vocês viram essa chegando. De novo. Tem algumas exceções – só uma que me lembre aka Anjo Mecânico -, mas sério. Não tem nada mais chato do que triângulo amoroso ainda mais quando você sempre torce para o cara que não vai ficar com a protagonista.


Vamos começar dizendo que pessoas tem gostos diferentes e dois caras gostando da mesma garota acontece? Com certeza. Mas tenha certeza se você for ficar brincando com os dois sem escolher nenhum, vai acabar ficando sem nenhum porque ninguém gosta de fazer papel de besta.

Ceeeeeeeeeeerto.


3. “Não é você, sou eu”.

Mesmo? Não é você, sou eu? Me elabore como? Porque eu achava que para um relacionamento dar certo precisam de duas pessoas, se você tem um problema, me conte antes de decidir por si próprio. Nossa senhora. Essa frase é tão clichê e entendo, tem alguns livros que tem uma razão por trás, mas ainda assim, ache uma outra razão para terminar com alguém que não seja “O problema sou eu”.





4. Bad boy.

Não me entenda mal. Eu também amo um bom bad boy. Aquele personagem que você vai logo se apaixonar, que parece mal, mas na verdade é um bebê, mas... Tudo tem limite ok? Não é ok para um personagem que é o par romântico de alguém tratar a pessoa que ama mal, ser bruto, grosso ou sequer conversar (?). Não, se você ama, quer ver a pessoa bem e feliz e fazer ela feliz. Ponto. O que me leva ao quinto clichê.





5. "Amo aquele garoto porque ele é misterioso".

Entra naquela onda de bad boy. Além de ter o bad boy. Sempre tem uma garota que quer saber mais e mais dele por nenhuma outra razão além do fato dele ser misterioso?! As vezes é fofo, tipo, um novo aluno tímido que não consegue falar com os outros. Mas se o cara parece fazer parte de uma gangue, vive procurando brigas e pega todas as garotas... Só se mantenha longe por mais gato que ele seja não é seu dever ter que "consertar" alguém.




E por hoje é só. De novo. Esses são alguns clichês que eu particularmente não gosto em livros. Nada contra. E vocês? Tem algum clichê que está de saco cheio de ver em livros? Nos conte.
Até a próxima pessoal.


2 comentários:

  1. HAHAHAHA ADOREI O POST! EU CONCORDO QUE MUITAS VEZES TUDO O QUE VOCÊ CITOU, FICA CANSATIVO DEMAIS... MAS EU NÃO CONSIGO... CLICHÊS SEMPRE SERÃO MEU PONTO FRACO KKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  2. ADOREIII!!! Também tem alguns dessa lista que ne irrita, principalmente triângulo amoroso. Não suporto isso em livro. Amor à primeira vista também é bem estrago, não entendo como se ama uma pessoa logo na primeira vez que a conhece.

    Beijos,
    Dani - www.paixaoemlivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá pessoal! Sejam bem vindos à nossa seção de comentários, a opinião de vocês é de extrema importância para nós e vamos adorar ler cada comentário, mas claro, nunca se esqueçam de que gentileza gera gentileza ♥